a

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget dolor. Aenean massa cum sociis Theme natoque.

Latest Posts

1-677-124-44227
184 Main Collins Street West Victoria 807
info@yoursite.com
iStock 000012592016 Large

Descobrindo as duas jóias da Riviera Francesa

Parada obrigatória na viagem pelo sul da França, Èze Village tem arquitetura provençal e vegetação mediterrânea em uma colina a 700 metros do nível do mar, no caminho de Nice para Mônaco. Pertinho dali também está a praia mais bonita da Côte d’Azur, a Plage Mala, escondida ao lado de Monte Carlo. Conheça mais sobre os dois destinos dos sonhos.

Èze Village

O vilarejo medieval de Èze Village é a verdadeira expressão do que a Riviera Francesa é – ou deveria ser. Construída sobre as ruínas de um castelo do século XII, a village-musée, uma porção da comuna de Èze a 700 metros do nível do mar, é uma espécie de labirinto de ladeiras, escadas e muralhas para se percorrer a pé, revestidas por graciosos ateliês, bistrôs familiares, dois castelos onde funcionam luxuosos hotéis e restaurantes com estrelas Michelin, uma fábrica da perfumaria Fragonard aberta ao público e um jardim exótico com vista imbatível do Mediterrâneo, o Jardin Exotique d’Èze.

Processed with VSCOcam with c3 preset

iStock_000012592016_Large

Uma tarde é suficiente para desbravar o local, mas, se quiser estender o tempo no povoado, opte por dormir no Château Eza (diárias a partir de € 270) ou no Château de la Chevre d’Or (diárias a partir de € 310), também ótimas oportunidades para um café ou almoço with a view. Ficar em Èze Village é uma experiência e tanto pra quem busca autenticidade nas viagens e vem com a vantagem da localização privilegiada, num pico exclusivo de frente pro Mar Mediterrâneo, a poucos minutos de carro de destinões de peso da Côte d’Azur como Nice e Mônaco. Aliás, achados como este são exatamente o que mais surpreende nas férias no sul da França, onde o pretensiosismo toma conta de (quase) tudo.

Processed with VSCOcam with c1 preset

Fazer o passeio do Chemin de Nietzsche, trilha panorâmica de 1,6 quilômetros por onde o filósofo alemão Friedrich Nietzsche costumava vagar durante seus dias de verão na Côte d’Azur, exige algum esforço, mas, como o percurso vai montanha abaixo em direção ao mar, o pior só vem no dia seguinte – nas panturrilhas. Vale cada passo. A trilha acaba em Èze-sur-mer, de onde dá pra pegar um táxi de volta à Èze Village.

ezeIMG_5765111

Plage Mala

Um pouco adiante, escondida ao lado de Mônaco, a apenas uma estação de trem de Monte Carlo, repousa a praia mais bonita da Côte d’Azur, a Plage Mala. Entre o mar e a montanha, a baía dourada de Mala, na comuna de Cap-d’Ail, é o crème de la crème do sul da França.

blue

Da gare – ou estação de trem – de Cap-d’Ail até a Baía de Saint-Laurent, a base de Mala, são dez minutos de caminhada, agraciados por uma passarela que beira o oceano revelando aos poucos o ritmo do local. Primeiro vêm as mansões, que não são poucas, mas de uma riqueza sutil, sem pretensão. O luxo, por toda parte, meio que entra em harmonia com o cenário. Após um sobe e desce de escadas entre as pedras, a coisa finalmente toma forma.

O minúsculo litoral da praia mais bonita da Côte d’Azur é dominado por dois clubes de praia à la Cannes, uma faixa de areia – que na verdade é toda de pedrinhas – e algumas casinhas de moradores. Mas melhor que isso é alugar uma prancha de stand up paddle no quiosque de esportes e curtir o dia na Plage Mala da melhor forma possível: dentro do mar.


Vamos planejar a sua próxima viagem? Entre em contato ↠


plagemala

De cima da prancha você desfruta melhor de todo o negócio, vendo os iates ancorados e os 50 tons de azul do Mar Mediterrâneo. Depois de remar em volta dos corais, tomar sol e meditar no sup, é obrigatório explorar rapidinho a pequena caverna à direita da praia mais bonita da Côte d’Azur. Só dá pra chegar nela pela água.

No fim do dia, a boa é tomar um drink, comer canapés e observar o cenário com os pés na areia no beach club La Réserve de la Mala, aberto de abril a setembro. Dá pra assistir o entardecer das mesas, cabanas ou espreguiçadeiras do local, com infra ótima pra recepções.

Èze Village e a Plage Mala ainda são segredos da Côte d’Azur, na qual os destinos, em sua maioria, tomaram forma turística e artificial demais. Quem frequenta os dois lugares não ostenta muito, por isso não espere ver uma porção de itens de grife na pessoa ao seu lado, apesar dela provavelmente ser alguém importante que detesta muita afetação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

You don't have permission to register